Comunistas.infoComunistas.infoComunistas.info
QUEM SOMOS
ACTUALIDADE
DESTAQUES
Ver mais
12 DE FEVEREIRO DE 2017, DOMINGO
Reunido a 12 de fevereiro de 2017, o CN da Renovação Comunista debateu o momento político e concluiu:

Ver mais
11 DE FEVEREIRO DE 2017, SÁBADO
A 12 de Fevereiro de 2017
Ao abrigo do ponto 5, do artigo 12º dos Estatutos, o Presidente do Conselho Nacional convoca o Conselho Nacional da Associação Política Renovação Comunista para - Domingo, dia 12de Fevereiro de 2017, às 10h30, na Livraria Tigre de Papel, Rua de Arroios 25, 1150-053 Lisboa. A Ordem de Trabalhos proposta ao Conselho Nacional terá como ponto único: situação política e estratégia autárquica.

Ver mais
03 DE FEVEREIRO DE 2017, SEXTA FEIRA
Sessão de apresentação a 11 de Fevereiro do livro de Carlos Brito
Carlos Brito vai apresentar o seu livro "Cadeia do Forte de Peniche" na própria fortaleza-prisão onde as coisas se passaram. Vai ser no dia 11 de Fevereiro pelas 16h00. O lançamento do livro é um contributo para que perdure a memória da repressão da ditadura mas é também um ato de intervenção pela preservação da fortaleza como memorial nacional da resistência e para que aquele espaço não seja alienado para actividades comerciais ou turísticas. Em certa medida, o lançamento nesta hora do livro é a voz de todas as gerações de presos que merecem que a sua memória e serviço ao país sejam preservados.

Ver mais
16 DE DEZEMBRO DE 2016, SEXTA FEIRA
A newsletter da Renovação Comunista volta com uma avaliação que podia muito bem ser uma espécie de balanço político do ano que agora termina. Sem dúvida que há razão, no plano interno, para dar boas festas, pois é deveras extraordinário o sucesso e solidez da solução política em vigor apoiada pela convergência do centro-esquerda com a esquerda. Ainda que se faça um balanço não isento de avaliação crítica, pois que da crítica e do debate se pode ambicionar o aperfeiçoamento na interpretação do que é e para onde vai o interesse popular. Já no plano externo, a crise do capitalismo vem gerando um fenómeno contraditório de emergência de forças demagógicas de direita radical que toldam a atmosfera política na Europa e na América do Norte. E é sobre este aspecto que incide o segundo artigo.

Ver mais
15 DE DEZEMBRO DE 2016, QUINTA FEIRA
FONTE: RC
POR: Cipriano Justo
Ainda não são os dois passos em frente, mas considerando o ponto de partida, 4 de Outubro de 2016, e tudo o que se passou nos quatro anos anteriores, a situação social do país é consideravelmente melhor, quaisquer que sejam as limitações económicas e financeiras que as pessoas ainda enfrentam.

Ver mais
13 DE DEZEMBRO DE 2016, TERÇA FEIRA
FONTE: RC
POR: Paulo Fidalgo
Avalia-se aqui a natureza das estonteantes mudanças na representação política que estão a provocar tsunamis eleitorais em países desenvolvidos da Europa e América do Norte. E procuram-se retirar ilações sobre qual deve ser a conduta da esquerda para lidar com esta nova realidade.

Ver mais
02 DE DEZEMBRO DE 2016, SEXTA FEIRA
FONTE: DN
POR: Carlos Brito
Carlos Brito em entrevista ao DN!
A propósito do Congresso do PCP, Carlos Brito concedeu uma importante entrevista ao DN onde avalia a conduta desta força política e os desafios colocados pelo acordo parlamentar de apoio ao governo do PS. Pode ler a entrevista aqui .

Ver mais
01 DE DEZEMBRO DE 2016, QUINTA FEIRA
O site "Democracy Now" recordou com muito a propósito o encontro afectuoso entre Fidel e Mandela quando este visitou Cuba em 1991 após a sua libertação da prisão de Robben Island. Pode ver o video clicando em Mandela Fidel .O video tem legendas em inglês e pode clicar no botão do video CC.

Ver mais
26 DE NOVEMBRO DE 2016, SÁBADO
FONTE: RC
A luta continua!
Aos 90 anos, o camarada Fidel deixou-nos. O seu exemplo incita-nos a prosseguir na ação transformadora, revolucionária, de mudar o mundo e construir o socialismo. Fidel abriu perspectivas de ação que hoje inspiram os comunistas. O seu património deve ser discutido e avaliado tanto na insubmissão e insurreição, como na condução económica, especialmente no contexto do desaparecimento da União Soviética e do período especial porque passa hoje Cuba. Fidel e a direção cubana contribuíram para rasgar a possibilidade de usar mecanismos de economia mista e de estímulo económico que permitiram a Cuba fazer face às dificuldades, manter-se na senda do desenvolvimento independente e construir uma presença prestigiada na arena internacional. Honremos o legado de Fidel, e o sonho do socialismo estará cada vez mais ao alcance dos povos.

Ver mais
21 DE OUTUBRO DE 2016, SEXTA FEIRA
FONTE: RC
POR: Direcção
Direcção da Renovação Comunista tomaposição!
A Renovação Comunista avalia politicamente o que está em causa na proposta de Orçamento de Estado e traça a sua perspetiva do que é desejável para os próximos tempos.

Ver mais
02 DE OUTUBRO DE 2016, DOMINGO
FONTE: RC
POR: Paulo Fidalgo
A estreia em Portugal do filme de Oliver Stone é pretexto para debate político
O filme "Snowden" de Oliver Stone é deveras um momento especial na história do cinema. Embora já noutras ocasiões se tenha contado a estória de uma tomada de consciência, neste caso o assunto é frontalmente politico acerca do que andamos a construir a ou a deixar que outros o façam.E Oliver Stone e os atores fazem uma admirável e serena narrativa apesar da enorme tensão própria de um "thriller" sobre serviços secretos. O que se discute não é a nota artística do filme, bem elevada de resto, mas a questão política do segredo e da açao encoberta do Estado em regime neoliberal.

Ver mais
03 DE MAIO DE 2016, TERÇA FEIRA
A ADSE deve ser dos seus beneficiários!
Proposta da Renovação Comunista
Depois do Estado cessar a sua cotização enquanto entidade patronal para a saúde dos trabalhadores do Estado, nada justifica que continue a dispor de poderes sobre esses recursos e continue a tutelar indevidamente a ADSE. Para o ponto de vista comunista importa desenvolver uma relação económica e social de associação de cidadãos que se autogoverne e autodetermine e é nesse sentido que avançamos com a proposta de criação de uma Mútua de trabalhadores, em total autonomia do Estado. Importa assinalar que a manutenção da ADSE no Estado, para além de ser indevida por representar o exercício descabido de poder, choca abertamente com a obrigação constitucional de promover a igualdade dos cidadãos na saúde por via de um Serviço Nacional de Saúde geral, universal e tendencialmente gratuito. Ora, essa obrigação não se compadece com a administração de um fundo que na realidade representa um subsistema diferenciador dos cidadãos. Os cidadãos podem organizar-se livremente para fins próprios mas ao Estado cabe prosseguir a igualdade entre todos e isso é tarefa do SNS sem conflito de missões com outros subsistemas.

OPINIÃO
11 DE JANEIRO DE 2016, SEGUNDA FEIRA
Publicado no Tempo Medicina
O acordo de governo entre a esquerda e o centro-esquerda permitiu alcançar resultados importantes em domínios que a crise tornou inadiáveis. Coloca porém sérios desafios na definição de políticas a mais longo prazo que começem a desenhar um país novo, solidário e moderno. No sector da saúde, Cipriano Justo aponta uma séria deficiência na definição estratégica que importa debater e superar.
REFLEXÃO
22 DE FEVEREIRO DE 2016, SEGUNDA FEIRA
POLEMICAR: reflexão breve de Cipriano Justo
O Ministro da Saúde defendeu a transplantação de órgãos como prioridade para a saúde quando visitou, recentemente, o Hospital de Santa Cruz, um centro pioneiro, de excelência, para a transplantação cardíaca e renal no nosso país. Cipriano Justo resolveu comentar como pode ser discutível a escolha de prioridades.
DOCUMENTOS
15 DE ABRIL DE 2016, SEXTA FEIRA
Projecto da Renovação Comunista em discussão!
A Renovação Comunista coloca à discussão pública o seu projeto de "Comunidades Locais de Saúde".Até hoje, o país não tem estruturado uma verdadeira política de saúde. Apenas tem agido sobre o funcionamento dos serviços de saúde sem agir sobre a procura, limitando-se a esperar que caiam na sua rede os "corpos vítimas das diversas noxas constitucionais ou ambientais" (frase célebre de Marc Lalonde) sem cuidar de reduzir a procura, sem construir as condições para diminuir a procura de serviços e aumentar a esperança de vida com saúde. É responder com ação do lado da procura que leva a Renovação Comunista a colocar ao público em discussão a criação de um dispositivo de intervenção organizada das comunidades para modificar a procura e fazer aproximar o país dos melhores resultados em "esperança de vida com saúde". Pode consultar a proposta aqui .

28 DE JANEIRO DE 2012, SÁBADO


16 DE NOVEMBRO DE 2010, TERÇA FEIRA


27 DE MARÇO DE 2010, SÁBADO

06 DE JANEIRO DE 2007, SÁBADO

24 DE MAIO DE 2003, SÁBADO
Conheça o manifesto da Renovação Comunista, o documento fundador do movimento

22 DE MARÇO DE 2003, SÁBADO